Sábado, 31 de Outubro de 2009

Arthur2: Entrevista exclusiva ao Bill

Ainda te lembras da tua reacção, quando viste a primeira parte de Arthur e os Minimeus e ouviste a tua voz?

 

Tive de habituar-me a ouvir a minha própria voz, porque isso não me agrada nada. É por isso que eu era muito crítico quando fiz este trabalho para o filme. Mas depois de algum tempo também fiquei orgulhoso e pensei: “Wow!” Imediatamente recordei os dias que passei no estúdio de sincronização e a quantidade de trabalho que tive, então pude desfrutar o resultado final na tela.

 

Ficaste feliz por teres prestado a tua voz pela segunda vez na aventura de “Arthur e os Minimeus – O retorno do Malvado M.” ?

 

Desde o princípio que fiquei emocionado. A sincronização todavia é algo novo para mim, não estou assim tão familiarizado com isso como o canto. Quando eu vi o filme, senti-me em casa. A causa da primeira parte conseguia relacionar-me com Artur e realmente quis prestar a minha voz de novo. De certo modo isto também é o meu filme – sinto-me quase responsável pelo Arthur.

 

Sabias o seguimento do argumento da segunda parte?

 

Não, eu estava muito curioso, sobre tudo, como continuava a relação de Artur e Selenia, é por isso que o final do filme surpreendeu-me, não o conseguia ver. Todavia, o público terá algumas novas experiencias com Artur.

 

Dirias que o Arthur mudou?

 

Ele definitivamente cresceu, sobre tudo devido a todas as experiencias do primeiro filme. Para a sua jovem idade, ele já viveu muita coisa má. Isto é provavelmente o que o fez amadurecer. Além disso ele também tinha uma enorme responsabilidade, depois de salvar os Minimeus. Ele quer também proteger a Selenia, porque ele está apaixonado por ela.

 

Tens alguma cena favorita no novo filme?

 

Uma das minhas cenas preferidas é definitivamente quando o Arthur e a Selenia se beijam pela primeira vez. Arthur visita os Minimeus mais tarde do que o esperado, e Selenia ficou muito triste. Ele está assustado porque ela está decepcionada e tem uma imagem totalmente errada dele. Mas ele estava sempre a pensar nela. Quando eles finalmente se beijam, esta é uma cena muita intensa – e notas como eles estão apaixonados um pelo outro loucamente.

 

Andas de maneira diferente na relva, agora que sabes que os Minimeus vivem ali?

 

Bem, eu sou um monstro da Natureza, mas neste caso não é mau – não recebi nenhuma queixa de alguma ter feito danos a algum Minimeu. É por isso que vos dou um conselho: Anda pelas cidades e deixa os Minimeus em paz nos bosques e prados.

 

Concluindo, o mundo daqueles pequenos seres é totalmente estranho para ti?

 

Em parte, sim. Mas de todo o modo, devido aos filmes consegues o impulso repentino de experimentar por ti mesmo ser um Minimeu. De repente consegues dormir numa flor também ou voar em redor de uma joaninha. Tais cenas giram em torno da aventura de Arthur numa verdadeira experiencia.


 

Tradução por: Jéssica (ichliebeTH)

Fonte: arthur2

publicado por ichliebeTH às 22:37
link | comentar | favorito

.Menu

Biografria

Fotos

Arquivo

Vídeos

Gráficos

FanFics

FanArt

Vários

Be affi

Agenda 2010

.posts recentes

. Parabéns Gustav!

. Concentração em Lisboa AD...

. Feliz Aniversário Bill & ...

. NativeLA Summer Roof Part...

. T-Squad Instagram - Novas...

. Concurso de look-alikes d...

. Encontro de fãs ANIVERSÁR...

. App BTK - Actualização

. Depois do concerto dos Ae...

. Depois do concerto dos Ae...

.pesquisar

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.Oficial

 

Site oficial alemão

Fã Club alemão

Fórum alemão

Backstage
TH - Live!

Deutschrock.de
Myspace

Imeem

 Buzznet

Facebook

.Votações

Mais votações aqui